Workshops

WS 01. Teledermatologia, da Teoria à Prática Clínica

Sala 222

O cancro da pele, nos seus diferentes subtipos, é um tipo de cancro muito comum em todo o mundo, apresentando uma incidência crescente. Em Portugal é responsável por cerca de 10 mil novos casos por ano, afetando mais frequentemente pessoas de raça branca e acima dos 50 anos de idade. É um dos cancros mais tratáveis, apresentando uma boa taxa de recuperação, pelo que o rastreio e a deteção precoce se tornam fulcrais.

Palestrante
Dr.ª Celeste Brito

Palestrante
Dr.ª Filipa Almeida

WS 02. Inteligência Emocional

Sala I01

A Inteligência Emocional pode ser considerada a base do desenvolvimento pessoal. As decisões, que afetam o caminho da nossa vida, são controladas pelas nossas emoções. Assim, este workshop tem como objetivo principal perceber o que podemos fazer a nível das nossas emoções e que ferramentas podemos trabalhar. Será possível que as nossas emoções afetem a nossa decisão clínica? O que podemos melhorar? São estas as questões que o workshop pretende responder.

Palestrante
Dr. Paulo Moreira

WS 03. Dispositivos Inalatórios

Novartis

Sala I01

A patologia respiratória é parte integrante da prática clínica diária do Médico de Família. Como tratamento, os dispositivos inalatórios são amplamente utilizados, havendo uma multiplicidade de devices e combinações farmacológicas que devem ser conhecidas de modo a adaptar a terapêutica ao utente da melhor forma possível. Com este workshop pretende-se dar a conhecer vários dispositivos, suas indicações clínicas, e vantagens/desvantagens de cada um, através da demonstração e posterior treino do seu manuseamento pelos participantes.

Palestrante
Dr.ª Severina Moreira

WS 04. Prescrição de Exercício Físico

Sala 205

O sedentarismo é um fator de risco muito importante para várias patologias, especialmente do foro cardiovascular, e naturalmente a recomendação de exercício físico é uma prática constante nas consultas de Medicina Geral e Familiar. No entanto, a forma como o médico deve fazer essa recomendação por vezes não é clara, e conseguir a adesão do utente é muitas vezes difícil. O objetivo deste workshop é fornecer ferramentas para que os clínicos possam fazer uma prescrição mais correta, sistematizada e adequada a cada utente.

Palestrante
Dr.ª Sara Madeira

WS 05. Exercício Laboral

Sala 222

O exercício laboral consiste na realização de tipos específicos de exercícios físicos no local de trabalho, durante o horário laboral, com o objetivo de melhorar a saúde e evitar os danos físicos e psicológicos dos profissionais inerentes ao seu exercício profissional. Tal prática é ainda vantajosa na promoção da interação social e do trabalho em equipa, no aumento da produtividade e na diminuição do absentismo.

Palestrante
Dr. João Cunha

WS 06. O Papel do Médico de Família na Doença Profissional

Sala 205

A Medicina do Trabalho tem como objetivo a promoção de condições de trabalho com o intuito de proteger os trabalhadores, promovendo o seu bem-estar físico, mental e social, prevenindo a doença e os acidentes. As doenças profissionais são cada vez mais comuns e associam-se a uma grande morbilidade e absentismo laboral, acarretando consequentemente, elevados custos sociais e de saúde. O médico de família deve ser capaz de avaliar o contexto profissional dos utentes, de modo a gerir os seus riscos e doenças associadas, prevenindo-as e orientando-as. Neste sentido surge a necessidade de realização deste workshop em que se pretende uma abordagem prática e pragmática do que nós, enquanto médicos de família, poderemos fazer pelos nossos doentes no que toca a doenças profissionais.

Palestrante
Dr.ª Raquel Barros

Palestrante
Dr. Pedro Mendes

WS 07. Voz e Dicção

Sala I01

A voz é uma das principais ferramentas de trabalho que o médico  utiliza no seu dia a dia, sendo um fundamental veículo de comunicação. Este workshop pretende proporcionar aos participantes uma experiência prática de conhecimento e otimização da sua voz, visando uma utilização mais eficaz deste poderoso meio de comunicação.

Palestrante
Teresa Lima

WS 08. Terapia do Riso

Sala 222

A terapia do riso ou risoterapia é uma técnica psicoterapêutica que trabalha as áreas comportamental e relacional. Rir gera uma sensação de bem-estar, alivia o stress, elimina os pensamentos negativos e “reprograma” a nossa mente, tornando-a mais positiva. Procure a sua criança interior e venha rir muito sem esforço. Em que consiste uma sessão de terapia de riso? Venha descobrir.

Palestrante
Fernando Batista

Projeto Maisfeliz

WS 09. MCDTs em Cardiologia

Sala 204

As patologias do foro cardiovascular apresentam uma prevalência significativa, sendo o seu curso modulado pela presença de múltiplas comorbilidades. Os Cuidados de Saúde Primários apresentam um papel fulcral na abordagem diagnóstica inicial e seguimento a longo prazo dos utentes com risco cardiovascular aumentado ou com patologia cardiovascular estabelecida. Na abordagem destes utentes é frequente o pedido de MCDTs com particularidades específicas que, por vezes, podem ser de difícil valorização. Este workshop não pretende ser uma exposição exaustiva, pelo contrário, irá focar-se na melhor abordagem de casos práticos, pretendendo sistematizar as principais indicações para a requisição dos diferentes MCDTs disponíveis e orientar na avaliação e interpretação dos resultados.

Palestrante
Prof. Doutora Júlia Maciel

Palestrante
Prof. Doutor Filipe Macedo

WS 10. Desenvolvimento Infantil

Sala I01

Este Workshop incidirá sobre o desenvolvimento normal e patológico da criança a ser avaliado em Consulta de Saúde Infantil, que inclui as sequências de desenvolvimento normais nas 4 áreas, critérios de suspeição/diagnóstico precoce e critérios DSM V de diagnóstico das principais patologias do desenvolvimento: Perturbação de Desenvolvimento Intelectual, Perturbações do Espectro do Autismo, PHDA e Perturbações do Comportamento. Contará com o recurso a casos clínicos ilustrativos e utilização do questionário M-CHAT.

Palestrante
Dr. Hélder Aguiar

Palestrante
Dr. Miguel Monte

WS 11. MCDTs na Prática de Reumatologia

Sala 222

As doenças reumatológicas são frequentemente motivo de consulta nos Cuidados de Saúde Primários. Apresentam um elevado impacto na qualidade de vida do doente, no absentismo laboral e nos custos associados. Os MCDTs são, aliados à clínica, fundamentais no estabelecimento do correto diagnóstico, bem como na posterior monitorização.  A patologia reumatológica está muitas vezes associada a sintomas sistémicos e inespecíficos, dificultando a interpretação das queixas e aumentando o tempo até ao diagnóstico e consequente tratamento. Ao longo deste workshop serão abordadas, de uma forma muito prática, diferentes patologias na área da Reumatologia, dando especial pertinência aos MCDTs que otimizam cada um dos diagnósticos. Pretende-se uma familiarização com as diferentes patologias bem como com os MCDTs adequados a cada situação no âmbito da medicina geral e familiar.

Palestrante
Dr.ª Romana Vieira

WS 12. Abordagem e Orientação de Doenças Hepáticas em Cuidados de Saúde Primários

Sala 204

As alterações das enzimas hepáticas e de exames de imagem abdominais são frequentes nos estudos realizados na prática clínica de Medicina Geral e Familiar. A sua investigação é frequentemente pedida como avaliação de rotina, outras vezes na investigação de sintomas inespecíficos, outras dirigidos a patologias específicas. Pretende-se com este workshop aprofundar competências nesta temática e nas suas patologias mais comuns (doença hepática alcoólica, esteatose hepática, esteato-hepatite não alcoólica e nódulos hepáticos) de forma prática, partilhando e esclarecendo dúvidas do dia-a-dia.

Palestrante
Dr.ª Joana Cochicho

Palestrante
Dr. Filipe Breda

Palestrante
Prof. Doutora Daniela Martins-Mendes

WS 13. Violência Doméstica

Sala 222

O problema da violência doméstica já não é recente, mas apenas nos últimos anos foram criadas infraestruturas e apoios para a sua prevenção, identificação e gestão. Lidando diariamente com famílias, o Médico de Família deverá saber abordar e lidar com situações desta índole. Este workshop pretende abordar o tema de forma prática, para que se possam rapidamente aplicar estes conhecimentos sempre que surja a suspeita de um caso de violência doméstica, tanto nas fases de reconhecimento e comunicação com a vítima, como na gestão clínica e legal do caso.

Palestrante
Dr.ª Ariana Correia

WS 14. Insulinoterapia e Terapêuticas Injetáveis na DM2

Lilly

Sala 205

A Diabetes mellitus é uma doença crónica e progressiva, que pode trazer graves consequências para a saúde e bem-estar individual, estando associada a elevados custos sociais e dos sistemas de saúde. Muitos dos doentes irão necessitar de terapêutica com insulina ou terapêuticas injetáveis, isoladamente ou em associação com outros agentes para manter um adequado controlo glicémico. Em Portugal dispomos de um conjunto de insulinas que diferem entre si pelo tempo de semivida, pela farmacocinética e pelos custos. Com este workshop pretende-se fazer uma abordagem prática dos diferentes tipos de insulina, esquemas de insulinoterapia individualizados e das novas terapêuticas injetáveis.

Palestrante
Dr. Jorge Dores

WS 15. Modelos de Comunicação e Feedback

exclusivo Orientadores de Formação

Sala I01

Todos os dias existem desalinhamentos comunicacionais que são fontes de problemas de gestão, de mal entendidos ou até de conflitos. Na relação médico interno-orientador é muito importante saber dar e receber feedback, de parte a parte. Também nesta importante competência, as preferências comunicacionais têm um grande papel a desempenhar – o feedback não deve ser o mesmo para todos. Pretende-se que os profissionais de saúde melhorem a sua capacidade de comunicar com outros profissionais, identificar diferentes preferências comunicacionais nos seus interlocutores, desenvolver a sua capacidade de dar e receber feedback e adaptar o feedback às preferências dos seus interlocutores.

Palestrante
Dr.ª Isabel Azevedo

Palestrante
Dr. Alberto Abreu da Silva

WS 16. Ajudas Técnicas

Sala 205

As ajudas técnicas desempenham um papel preponderante na melhoria da qualidade de vida e das relações sociais da pessoa com deficiência. A obtenção da autonomia pessoal e familiar é uma das chaves para a integração social. Este workshop irá permitir conhecer quais os instrumentos e suportes tecnológicos que facilitem à pessoa com deficiência a sua própria reabilitação, autonomia e integração social. A grande maioria dos problemas práticos quotidianos pode ser resolvida com  utensílios simples, de forma a facilitar certas atividades de vida diária como vestir, comer, tratar da higiene pessoal… É essencial saber escolher uma ajuda técnica, treinar a pessoa na sua correta utilização e verificar se responde à finalidade para que foi escolhida.

Palestrante
Dr. Álvaro Ferreira da Silva

WS 17. Linfocitoses

Unilabs

Sala 204

O hemograma é um exame de baixo custo, pouco invasivo e que contém muita informação, devendo ser requisitado e avaliado de forma estruturada. As linfocitoses são alterações que não surgem de forma rara, podendo indiciar desde uma patologia auto-limitada a uma neoplasia maligna, exigindo abordagens subsequentes completamente distintas. Com este workshop pretende-se a aquisição de competências práticas na interpretação das linfocitoses e na primeira abordagem a seguir em ambulatório, discutindo-se ainda o papel da fenotipagem sumária.

Palestrante
Dr. João Pedro Ramos

Palestrante
Dr. Carlos Mendes

WS 18. Medical Writting

msd

Sala I01

Este workshop é dirigido a todos que pretendam aperfeiçoar as suas aptidões de escrita em linguagem científica usando exemplos práticos e exercícios. Os tópicos a abordar incluem: princípios de boa escrita, dicas para escrever mais depressa, escrita de artigos científicos, escrita para público em geral e questões éticas em publicações científicas.

Palestrante
Prof. Doutor Luís Alves

WS 19. Medical Writting

Exclusivo orientadores de formação

Sala 222

Este workshop é dirigido a Orientadores de Formação de Medicina Geral e Familiar que pretendam aperfeiçoar as suas aptidões de escrita em linguagem científica usando exemplos práticos e exercícios. Os tópicos a abordar incluem: princípios de boa escrita, dicas para escrever mais depressa, escrita de artigos científicos, escrita para público em geral e questões éticas em publicações científicas.

Palestrante
Prof. Doutora Luísa Sá

WS 20. Abordagem Não Farmacológica da Ansiedade

Sala 204

A ansiedade representa um estado mental e emocional normal do ser humano. No entanto, quando esta surge, sem motivo aparente, ou de uma forma excessiva e continuada, torna-se num verdadeiro problema de saúde. Este workshop pretende dar a conhecer aos participantes algumas das principais manifestações da ansiedade e fornecer ferramentas para o seu diagnóstico precoce, assim como estratégias não farmacológicas para o seu tratamento.

Palestrante
Dr.ª Catarina Cunha

WS 21. Rastreio Oftalmológico Pediátrico

Sala 222

A visão é um sentido extremamente importante para o desenvolvimento físico, comportamental e cognitivo da criança. O Rastreio Oftalmológico Infantil é exequível nas consultas de vigilância infantil na Medicina Geral e Familiar, exigindo apenas o seguimento de protocolos de exame adaptados às diferentes faixas etárias. A aplicação deste rastreio permitirá detetar as situações de presunção de patologia oftalmológica, com posterior referenciação hospitalar, correta e atempada, das crianças com necessidade de observação e/ou tratamento pela especialidade.

Palestrante
Prof. Doutora Rosário Varandas

WS 22. Videogravação das Consultas

Sala 205

O estabelecimento de uma boa relação Médico-Utente é fundamental na consulta e adesão terapêutica. Considerando as limitações da prática clínica do Médico de Família, como tempo curto de consulta, escassez de recursos, realização de registos, entre outras interrupções, compreende-se que a capacidade de criar um espaço de partilha, observar e comunicar de forma verbal e não verbal, são competências que devem ser treinadas e sistematizadas. Com este workshop pretende-se realizar treino com videogravação de role-play de consultas e revisão do mesmo, de forma a identificar falhas na entrevista e na criação de relação com o utente e aspetos a melhorar. Pretende-se também compreender como deve ser posta em prática a técnica de videogravação, quais os meios necessários, como realizar o consentimento informado e aplicar escalas para avaliação.

Palestrante
Dr.ª Rita Maciel

WS 23. Videogravação das Consultas

Exclusivo orientadores de Formação

Sala I01

O estabelecimento de uma boa relação Médico-Utente é fundamental na consulta e adesão terapêutica. Considerando as limitações da prática clínica do Médico de Família, como tempo curto de consulta, escassez de recursos, realização de registos, entre outras interrupções, compreende-se que a capacidade de criar um espaço de partilha, observar e comunicar de forma verbal e não verbal, são competências que devem ser treinadas e sistematizadas. Com este workshop pretende-se realizar treino com videogravação de role-play de consultas e revisão do mesmo, de forma a identificar falhas na entrevista e na criação de relação com o utente e aspetos a melhorar. Pretende-se também compreender como deve ser posta em prática a técnica de videogravação, quais os meios necessários, como realizar o consentimento informado e aplicar escalas para avaliação.

Palestrante
Prof. Doutora Teresa Ventura